• Autor
    Artigos
  • #169817 Resposta

    Sandra

    Boa noite,

    Venho até vós colocar a questão de como deverei proceder em relação aos cães que um vizinho detém no quintal de sua casa sem o mínimo de condições de higiene, água nem alimentação. Estes caes eram cerca de 8, 2 ja morreram entalados numa espécie de cerca que o dono colocou para dividir os quintais. Os donos para entrarem em casa tem de se desviar dos dejectos dos cães, o cheiro é insuportável, e aquando de confrontados com a situação ainda ofendem. Como poderei solicitar ajuda ou como deverei proceder? Obrigada!

  • #170535 Resposta

    Alice Maria Pinto Rocha Magalhães

    Boa tarde

    Gostaria que me ajudassem no seguinte:

    Moro num prédio cujas traseiras dão para um terreno, propriedade de uma pessoa que teve um stand automóvel que encerrou, e que tem nesse terreno algumas viaturas que não são novas, guardadas. Nesse mesmo terreno este Sr. tem 2 cães pastores alemães, que estão dentro de uma vedação com cerca de 6 metros quadrados aproximadamente, pelo que me é dado presenciar estes animais estão quase sempre presos neste espaço,e só de quando em vez é que os soltam e os deixam andar uns parcos minutos no dito terreno, Quando isto acontece e quando eu tenho oportunidade de presenciar, vejo que os animais ficam mais “felizes”, mas quando estão presos dias a fio sem que ninguém os solte, estes animais estão constantemente a uivar e poderia quase dizer que “choram” a pedir ajuda, também alguém que vive mais próximo do dito terreno já me disseram que estes animais passam fome, toda esta situação faz-me muito mal psicologicamente, posso até dizer que se tivesse possibilidades monetárias me mudaria de casa. Informo que já contactei a Sepna relatando esta situação os quais enviaram 2 agentes da PSP ao local, os quais falaram com o dito proprietário e nos dias que se seguiram os cães eram soltos de manhã e fechavam-nos à tarde no espaço que estão neste momento dias seguidos sem serem soltos. Outras pessoas que também já apresentaram queixa disseram-me que elementos da GNR  que lá foram disseram ao proprietário que se não têm condições para os ter que os deem para adopção ou então que os “escondam” para não terem problemas. Relativamente à minha comunicação à Sepna, foram feitas diligências no momento mas não passou disso mesmo, eu pessoalmente acho que estas entidades deveriam de vez em quando voltarem ao local sem aviso, para constatarem se estão a tratar os animais com alguma dignidade ou se pura e simplesmente os querem só para tomar conta da propriedade sem lhes dar o mínimo de cuidados em troca. Aproveito também para informar que já tive uma conversa educadamente com o dono dos animais para o sensibilizar que ele tem condições em termos de espaço para tornar os seus animais mais “felizes” pois quando estes andam à solta não se ouvem aqueles latidos tristes de quem está deprimido. Depois de toda esta exposição gostaria que me orientassem e me informassem do que posso fazer mais, pois verdade seja dita estou muito céptica em relação à actuação da Sepna.

    Fico aguardar uma ajuda da vossa parte.

    Com os melhores cumprimentos .

    Alice Rocha

     

     

Resposta a: Animais sem cuidados – vizinho
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">