#164556 Resposta

António Luís

Primeiro passo: tentar conversar. Comigo, não funcionou…
Segundo passo: escrever uma carta registada com a/r a pedir educadamente aos vizinhos, para resolverem o problema, porque temos de descansar DE DIA!
Terceiro passo: avisar na carta as consequências, quais sejam queixa à PSP e à Câmara Municipal (Ambiente), sendo de 150,00 euros a coima mínima (Regulamento Geral do Ruído, Ruídos de Vizinhança).
Quarto-passo: se nada resultar, fazer a queixa, por telefone à PSP e por email à Câmara.
Quinto-passo: esperar pelo resultado, que pode demorar algum tempo… e repetir a queixa, se tudo se mantiver (nova coima…)!
Neste momento, estou no terceiro passo…
O Direito ao sossego e à tranquilidade é MUITO superior ao direito de ter um cão que ladra de dia e/ou de noite!