#167794 Resposta

Rui David

Boa tarde

Um animal que morda outro animal ou pessoa, se a situação fôr reportada, passa a ser considerado animal perigoso com tudo o que isso implica (tempo de quarentena sob supervisão do veterinário municipal, obrigação de andar sempre com trela até 1m de comprimento e açaime funcional, seguro de responsabilidade civil); o facto de a pessoa em questão não ter perguntado se o animal estava preso, não me parece boa defesa, já que a pessoa foi convidada a entrar e a responsabilidade do que acontece com o animal é do seu dono.

As questões que coloca sobre a situação médica ultrapassam a nossa área.