#169178 Resposta

Rui David

São situações que no plano legal nunca são fáceis; há que provar que foi aquele gato o responsável pelo ataque, que o gato pertence de facto a essa senhora. O melhor, parece-me, é começar por  conversar com a vizinha e tentarem chegar a um acordo em relação às despesas veterinárias (guardar sempre todos os relatórios médicos bem como recibos de todas as intervenções). No caso de ela não se mostrar receptiva, teria que apresentar uma queixa às autoridades e tudo iria depender do que se conseguisse provar.