#171788 Resposta

Dina
  1. Gente, desculpem-me mas estas questões não têm mais comentarios. Também colocava comida para animais de rua em um recanto longe da casa dos ditos humanos, mas parei pq uma senhora muito gentil e com consciência ameaçou colocar veneno. Penso que não devemos nos incomodar tanto.. a vida dá o troco de tudo. Tanta gente com ironia aí, deve ser porque um carro foi a única coisa que conseguiu de valor na vida e claro, devemos dar mérito a isso porque não vai conseguir mais nada. Não devem nunca ter passado fome mas te garanto que procriar sabem e quando têm algum animal de estimação não castram. Estas são as mesmas pessoas que jogam lixo na rua tanto pra alimentar a barata quanto para transbordar o valao da própria esquina. Mas castrar pra que, né?  Se eles querem reproduzir o mundo com criancinhas que crescerão e se tornaram maravilhas para o mundo iguais a eles. Depois vão chorar devido a tudo que fizeram porque tudo nessa vida têm volta, independente do que for. Quem gosta de ver animais sofrendo não têm escrúpulos para ser bom cidadão. E quem não sabe diferenciar (baratas, moscas, ratos etc) animais nocivos de animais de estimação deveria estudar um pouco mais. Ah, esqueci-me… gente ignorante não estuda é gente que cola na prova, fura fila, não sabe argumentar e ainda quer um país sério, país este que alguém descreveu aí acima que existe na Câmara da cidade um Centro Veterinário ou de zoonoses (pesquisem o que é ). Este país é o mesmo que não têm estes centros em praticamente nenhuma prefeitura porque os eleitos são os mesmos que prejudicam animais abandonados, são estes os representantes do Brasil do futuro que vão deixar para a prole deles mesmos um maravilhoso país cheio de gente egoísta e que ignora a dor do outro. Tomara ter hospitais, asilos, empregos etc pra essa gente do bem.