#171927 Resposta

Rui David

Se o cão está em seu nome é, para efeitos legais, seu, apesar de já estar a algum tempo a guarda de outra pessoa, sem que durante esse tempo tenha feito qualquer tipo de queixa. Penso que o melhor é a senhora ir ás autoridades explicar toda a situação; informar que ele detém o cão sem o seu consentimento e que tem medo de represálias. Entretanto sabe se o cão tem as vacinas em dia? Se, por exemplo, ele não lhe tem dado a vacina anual da raiva, é um ponto a seu favor em como essa pessoa não tem cuidado do seu cão da melhor forma e mais uma razão para o querer de volta.

Em relação ao abandono não me parece adequar-se.