#178462 Resposta

Rui David

Antes de mais confirmar se tem toda a documentação em dia; boletim de vacinação, chip de identificação com respectivo registo na base de dados nacional, registo na junta de freguesia. Sobre a situação em si tente encontrar alguma testemunha que possa confirmar o que se passou, arranjar também declarações que atestem em como o cão nunca foi agressivo, de vizinhos, por exemplo. Entretanto o tal senhor deverá ter que apresentar provas em como foi atacado, nomeadamente relatório médico, se foi mordido. Quando se apresentar com o seu cão no gabinete médico veterinário da câmara, tente manter a calma e explicar da melhor forma o que se passou, sem se mostrar muito na defensiva.