#180133 Resposta

Raquel Carvalheiro

Olá!  Adoptamos um cão, cruzado de s. Miguel   e pastor belga.  Durante mês e meio não houve qualquer  problema de adaptação.  Ele veio de uma família que o criou e que já não o podia ter.  Entretanto do nada,  mordeu o nosso filho de cinco anos na cabeça,  deixando-o em muito mau estado,  sem qualquer provocação .  Não sabemos o que fazer uma vez que não estamos descansados com a convivência dos dois.  E para nós o mais importante é a segurança da criança.