• Autor
    Artigos
  • #180826 Resposta

    Tânia Cordeiro

    Olá a todos. Vivo numa casa e tenho um gato que anda “às soltas” (anda pela rua, quintais dos vizinhos) mas tem em casa as sua coisas,  uma camita, comida, água e areia. Nisto tenho uma vizinha que deixa constantemente e durante horas as portas e as janelas abertas e o meu gato, tais como outros dos vizinhos e “vadios” entram para dentro da casa à procura de gulodices, no entanto ela só ainda apanhou o meu e ameaçou me com as seguintes palavras “se não dás sumiço ao gato dou lho eu”. (e um aparte que todos os vizinhos concordam, sorte tem ela de ainda não lhe terem roubado nada a sério sem ser só a comida) Portanto que quero saber se realmente acontecer alguma coisa ao meu gato, posso fazer algum tipo de queixa? Obrigado!

  • #180852 Resposta

    Rui David

    Repare que a sua vizinha, apesar de não ter a liberdade de fazer mal ao seu gato, é livre de ter as janelas abertas e é sua a responsabilidade do que acontece, fruto das acções do seu animal. Pela lei, os animais de companhia não podem andar soltos fora de casa. Muitas vezes confiamos na sua educação e deixamos-los a solta; mas nesses casos devemos assumir a responsabilidade da nossa opção. Creio que neste caso, em que já houve ameaças claras, o mais importante é zelar pelo bem-estar do seu amigo pelo que deve tomar medidas para que não lhe aconteça nada de mal, antes de pensar no que fazer depois.

Resposta a: Ameaça de morte a um animal de estimação
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">