• Autor
    Artigos
  • #179322

    ruidavid
    Administrador

    Nesta sexta-feira, 05 de Abril de 2019,  foi assinado um protocolo de colaboração com Amadora Município, com o objetivo de proceder à gestão da população de gatos errantes, silvestres, ou que vivam com famílias em situação de comprovada carência económica.

    Este acordo de cooperação irá traduzir-se na criação de colónias de felinos, em áreas devidamente especificadas, e que não ponham em causa a salubridade, a saúde pública e a segurança de pessoas, animais e bens.

    Mediante a aplicação do Programa CED (capturar, esterilizar, devolver), pretende-se controlar as colónias de gatos e reduzir a população felina silvestre, através de um método ético e eficaz.
    Cada colónia terá um conjunto de responsáveis, que irão zelar pela qualidade do bem-estar animal.

    Paralelamente à celebração deste protocolo, a Câmara Municipal da Amadora celebrou ainda um contrato de seguro de responsabilidade civil, com vista ao eventual ressarcimento por danos patrimoniais e não patrimoniais decorrentes de lesões físicas ou materiais, causados pelos gatos silvestres devidamente identificados.

    Connosco neste projecto, que muito vai ajudar a causa animal, estão a Senhora Presidente da Câmara Dra. Carla Tavares, o Senhor Vereador Dr. Luís Lopes, a Dra. Susana Santos, médica-veterinária municipal, e todos os colaboradores do CROAMA, o PAN Amadora, os nossos colegas da associação Animais de Rua. bem como todos os cuidadores de colónias, voluntários, padrinhos e madrinhas e todos os amigos dos animais.

    Conheça este projecto e seja mais um a ajudar.

     

O fórum ‘Comunicações LPDA’ está fechado para novos tópicos e respostas.