• Autor
    Artigos
  • #162759 Resposta

    Daniela

    Vivo numa aldeia e como é normal aparecem frequentemente animais na estrada sem estar mos a espera, na minha rua um morador da aldeia passa constantemente a acelerar no seu automóvel já lhe disse mos para andar mais devagar por causa dos animais mas ele não nos ouve.
    Se ele atropelar algum animal o que podemos fazer? A quem deve mos pedir ajuda? Será possível pedir uma necrópsia ao corpo do animal?
    Obrigada

  • #162803 Resposta

    ruidavid
    Administrador

    Nestas questões de atropelamento de animais ou, neste caso, da forte possibilidade de acontecer, estão em causa duas coisas:

    Por um lado, é irresponsável, imoral e mesmo potencialmente criminoso, andar com um carro a altas velocidades, sobretudo em zonas habitadas; ninguém deve esquecer que um carro é uma arma carregada, responsável por mais mortes do que muitas armas convencionais.

    Por outro lado, a segurança dos animais é responsabilidade dos seus donos; por isso é obrigatório o uso de trela quando se passeiam os animais de companhia na via pública. Tal como não deixamos uma criança andar sozinha na rua, não devemos deixar os nossos animais. Sobretudo nas zonas rurais, é hábito os animais andarem mais à vontade na via pública, mas neste caso, há uma situação extraordinária e devem ter-se novos hábitos.

    Tentem falar novamente com o condutor, sensibilizando-o para a questão: tanto pode atropelar um animal como uma pessoa.
    Se acham que ele ultrapassa frequentemente os limites máximos de velocidade, alertem as autoridades policiais.
    Protejam os vossos animais.

  • #167461 Resposta

    Liliana Pereira

    Boa Noite!

    Vivo numa aldeia pequena onde é habitual os animais de estimação, mais concretamente, os cães, andarem à solta pelas ruas públicas. No passado dia, 2 de julho, o meu vizinho atropelou o meu cão mesmo à porta de minha casa, e infelizmente, quando cheguei a casa e me deparei com a situação já nada pude fazer para o ajudar e morreu algumas horas depois.
    O meu vizinho confessou o sucedido, dois dias depois, dizendo que não se apercebeu da presença do cão, no entanto nada fez para o socorrer e continuou como se nada tivesse acontecido, pois pensou não ser nada de grave.
    Tenho a dizer que o meu cão, era um animal de porte pequeno a médio, bastante social e nunca causou problema algum com a vizinhança e por isso andava à solta. Como dona do animal sei que deveria ter o cão dentro do recinto da casa, mas pelas razões anteriormente referidas andava à solta.
    Após esta situação, gostaria de saber se o meu vizinho poderia sofrer alguma penalização.

    Muito obrigada,
    Liliana Pereira

  • #167591 Resposta

    Sandra

    Concordo com o comentrio em cima em quase tudo menos na parte da trela porque so esta claramente a pensar em caes. Muitos gatos andam soltos nessas localidades e as pessoas nao os prendem em casa. Esse individuo pode atropelar uma crianca, mas e igualmente mau uma crianca ou um animal, por isso contactem as autoridades antes que uma desgraca aconteca.

  • #167713 Resposta

    Nuno

    Então e os outros animais? Ou só são atropelados os animais que têm dono? É filmar essa besta e queixa na policia. Se juntamente com o filme forem as distâncias, consegue-se saber a velocidade da cavalgadura.

  • #167876 Resposta

    Susana

    Hoje o meu cao fugiu para a estrada e foi atropelado, pelo que o levei imediatamente para o veterinário. A condutora ficou aos berros porque o cao “lhe estragou o carro”. Eu fiquei com o número dela porque o pobrezinho ficou mesmo muito ferido e sai imediatamente para lhe salvar a vida.

    O tratamento dele vai para cima dos 1000 euros e sei que a culpa é minha, mas será que a condutora não deverá comparticipar das despesas?Ou seja, eu responsabilizo-me pela viatura e ela pelo tratamento do cao que atropelou?

    Peço a vossa ajuda em esclarecerem-me nesta situação.

    Obrigada!

    • #168158 Resposta

      Rui David

      Cara Susana

      Lamento sinceramente o que aconteceu com o seu cão mas, em termos legais, a responsabilidade pelo que aconteceu bem como as despesas, tanto de tratamento com o animal como com os danos do carro, são imputadas ao dono do animal, pois ele estava na via pública sozinho, sem trela.

  • #171352 Resposta

    Sandra Silva

    Boa tarde, vivo numa casa dentro de um terreno, e foram nos fazer uma visita quando tinha os cães á solta, abriram o portão e atropelaram-me mortalmente uma cadela Yorkshire Terrier, posso exigir alguma coisa por lei, de que forma posso responsabilizar quem a atropelou?

    Obrigada.

        

    • #171360 Resposta

      Rui David

      Pelo que descreve alguém terá invadido a sua propriedade com um veículo, sem a sua autorização e atropelado um dos seus animais.

      Assim sendo parece-me causa para uma queixa e acção civil junto das autoridades policiais.

  • #171676 Resposta

    João Silva

    No domingo de Páscoa à noite,atropelei um cão de grande porte(rafeiro alentejano) numa estrada municipal,que me surgiu de repente à frente vindo da berma, sem hipótese de evitar o embate, o mesmo faleceu no local, chamei autoridades que compareceram com veterinária para verificar se o animal tinha chip, não tinha, apesar de estar bem cuidado e com coleira.

    Foi removido por serviços municipais

    Tenho danos avultados na viatura como posso fazer ou a quem me dirigir para ser ressarcido do valor.

    Obrigado

    • #171688 Resposta

      Rui David

      Talvez possa apresentar a questão a sua companhia de seguros, nomeadamente através do departamento de apoio jurídico.

  • #174123 Resposta

    Solange Lopes

    Boa Tarde.

    Assisti esta tarde a um atropelamento de um gato de rua (em Lisboa)  em que a senhora em questão simplesmente foi embora sem ver como estava o bicho ou prestar qualquer auxilio. Ainda lhe buzinei em alerta antes do atropelamento mas de nada serviu. O gato saiu de baixo do carro, não apresentava feridas externas mas não tinha mobilidade nas patas de trás. Como estava em trabalho, depois de prestar o primeiro aulixio tive de ir embora, ficando o bichinho com uma senhora que também assistiu a tudo. Entretanto já voltei ao sítio mas não os encontrei.

    Gostaria de saber como apresentar queixa desta situação, tenho a matricula da senhora em questão.

    Obrigada!

    • #174152 Resposta

      Rui David

      A queixa deve ser sempre apresentada as autoridades policiais, neste caso pode dirigir-se directamente ao departamento animal da PSP.

  • #174136 Resposta

    Rute

    Boa noite

    Tinha um cão de guarda que deixei em casa de um amigo pois não estava bem de saúde, entretanto o cão fugiu e foi atropelado. A dona da viatura quer que pague os estragos do carro, mas na qual dito por ela, a lâmpada da viatura estava queimada…  Eu sou obrigada a pagar

    • #174153 Resposta

      Rui David

      Por lei, os cães não podem andar soltos na via pública, No caso de ter fugido, a lei responsabiliza o dono ou responsável na altura, de não ter acautelado essa situação (ou porque deixou o portão aberto, ou porque o muro da propriedade era muito baixo); seja como for a responsabilidade é do dono/responsável pelo animal, bem como o que acontecer, como os estragos feitos a uma viatura.

Resposta a: Atropelamento de animais
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">