• Autor
    Artigos
  • #168163 Resposta

    Marta

    Gostaria de saber o que fazer afoptei uma cadelinha  de 3 meses tenho-a a 1 semana e um vizinho veio queixar-se que desde a hora que eu saio as 7h da manha ate as 9h ela ladra. eu ja a ouvi ladrar mas ja fiquei a porta do predio um pouco e nao a ouvi ladrar mas admito que seja possivel pois ainda se estaa habituar e pequenina. agora o vizinho diz que vai fazer queixa de mim a proteção dos animais e a gnr o que devo fazer eu quero ficar com a cadelinha e para a minha filha de 9 anos ia ser um desgosto eu tenho a certeza de que isto e temporario mas o que devo fazer?

  • #168168 Resposta

    Rui David

    A 1ª coisa a fazer é perceber se, realmente, a cadelinha passa o dia inteiro a ladrar ou se é uma situação esporádica exagerada por um vizinho demasiado susceptível. Para isso pode, por exemplo, falar com outros vizinhos e sondar as suas opiniões. É normal um animal passar por um período de transição, de habituação a um novo espaço e a uma nova família; devem, por um lado, explicar calmamente isso ao tal vizinho, sensibilizando-o para a situação e por outro lado começar, desde já, a ensinar a cadelinha a não ladrar quando sozinha; há vários processos, de reforço positivo; pode dar-lhe um osso de brincar ou outros brinquedos e pesquisar outras soluções. Se a situação  se prolongar não é bom para ninguém, sobretudo para a cadelinha, que poderá começar a sofrer de stress de abandono; nesse caso, há escolas de educação canina que podem ajudar a resolver o problema.

  • #168169 Resposta

    Antonio Carlos

    Eu por acaso passei pela mesma situação e cheguei a conclusão de que a melhor aposta foi adoptar uma amiguinha para ela brincar, no meu caso foi um gato, pois esta não ladra e passam o dia a brincar juntos pois eu sei isto porque decidi colocar uma câmara a gravar e mais incrível que pareça, a minha cadela nunca mais ladrou. Se no seu caso optar pela mesma solução, tenha a certeza de que ambos se adaptam um ao outro, pois o velho ditado que diz que o cão é inimigo do gato isso é “passê” pois a minha cadela e minha gata são as melhores de amigas.

  • #168170 Resposta

    Antonio Carlos

    Só para adientar de que certas precauções foram tomadas como a remoção das unhas da gata e nunca dar carinhos preferenciais, quando pega na cadela pego na gata também, quando dou um carinho (petisco) a cadela também dou a gata etc. etc. etc.

  • #168204 Resposta

    Anabela Pereira

    Tenho um cão pastor alemão adulto. Moro numa moradia integrada num espaço urbano, ou seja, tenho vizinhos em prédios próximos não contíguos. Existem muitas outras moradias também com cães que ladram. O meu cão passa grande parte do dia acompanhado, ladra eventualmente e à noite, depois das 21h30m, fica dentro de casa até de manhã. Fica mais ativo e ladra mais ao anoitecer, altura em que passa mais gente ao pé da porta e outros cães vão à rua. Um vizinho do 1º.andar de um prédio próximo queixa-se, exageradamente, do latido do cão. Não está recetivo a conversas e profere ameaças. Numa situação destas onde estão os meus direitos e acabam os dele? Sou eu que tenho de abdicar do meu cão ou ele que tem de ser mais tolerante?

     

    • #168573 Resposta

      Rui David

      Quem vive em sociedade está sujeito a determinado nível de incómodos que necessariamente existem. As pessoas têm de ter alguma paciência tal como os donos dos animais devem evitar que estes perturbem o sossego dos vizinhos, principalmente quando isso é possível. Educando-o. No caso concreto, se houver uma queixa por ruído nocturno, tudo depende da avaliação que for feita pelas autoridades policiais que irão ao local e, provavelmente conversar com outros vizinhos. Não será má ideia conversar com outros vizinhos e tentar perceber até que ponto o ruído do seu cão os incomoda ou se só uma pessoa se sente incomodada e consoante a resposta geral agir em conformidade.

  • #168580 Resposta

    Isabel nogueira

    Boa noite

    Onde moro em frente existe um eucaliptal onde desde á uns tempos uma senhora com três cães pela trela vem passear los fazendo com que os cães de porte grande de uma casa aqui ao lado fiquei exageradamente exaltados, esta situação acontece em horas distintas sendo algumas bem cedo, pelas 7h ou ás primeiras horas da noite. Já abordei a senhora e calmamente  expliquei lhe que incomoda esta situação,  recebi resposta amarga e atitudes provocadoras. Gostaria de saber se existe algo que me salvaguarde.

Resposta a: Cachorro a ladrar
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">