A visualizar 0 respostas da conversa
  • Autor
    Artigos
    • #187382 Responder
      Joana Vilaça
      Convidado

      Boa tarde,
      Sou detentora de um cão de raça indefinida com 6 anos de idade.
      Durante um passeio, uma pessoa tombou para cima dele, e uma vez que o animal se assustou, atirou-se para cima da pessoa na via publica. A pessoa caiu e magoou-se na zona da cabeça, e penso que o cão o possa ter mordido na zona do braço, mas não tenho certezas, pois segundo o que me foi dito pelo agente que acompanhou a pessoa ao hospital , foi comprovado pelos medicos que os ferimentos não tinham sido provocados por dentada de cão e alem disso era uma pessoa pouco acessível que não aceitou sequer a ajuda de primeiros socorros que lhe prestei de imediato. Ainda assim a pessoa quis apresentar queixa na PSP (que eu própria chamei) e disponibilizei-me a pagar todas as despesas médicas agregadas ao tratamento.
      Os agentes da PSP que foram super competentes e ajudaram-me em tudo o que era possível,  disseram-me que a partir de agora o meu cão iria ser considerado um cão perigoso e falaram-me que teria de ter aulas de socialização e também um seguro de responsabilidade civil,  mas que não teriam 100% de certeza, deixando nas minhas mãos entrar em contacto com as autoridades competentes.

      O que venho solicitar, é, uma informação oficial do que é necessário daqui para a frente para poder continuar a ter o meu cão.
      É preciso entrar em contacto com o veterinário municipal? É necessária a esterilização? Aulas de socialização? E principalmente se o meu cão vai ter de efectuar quarentena no canil municipal.

      Agradeço desde ja,
      Joana Pavão Vilaça

A visualizar 0 respostas da conversa
Resposta a: Cão “mordeu” pessoa
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre class=""> <em> <strong> <del datetime="" cite=""> <ins datetime="" cite=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">