• Autor
    Artigos
  • #167958 Resposta

    joaoneves
    Participante

    Olá amigos.

    Existe um cão no andar abaixo do meu (vivo num 3º andar) que, há cerca de 6 meses atrás, ladrava todo o dia e noite.

    Falei com os donos e a senhora disse que ia tentar fazer alguma coisa, mas a história repetiu-se durante mais umas noites. Voltei a falar com ela e ela resolveu a situação do cão ladrar constantemente à noite.

    O cão realmente não ladra durante a noite (está dentro de casa).

    Mas o problema agora é que, desde as<span style=”text-decoration: underline;”> 7h</span> da manhã até às <span style=”text-decoration: underline;”>22h</span> da noite ( que deve ser quando os donos não estao em casa) ladra o <span style=”text-decoration: underline;”>dia todo</span>; anda às voltas, em círculos pelo terraço; ladra à mínima coisa que se mexa ou barulho. E falo de um Serra da Estrela, novo, com um latir incomodamente alto.

    Os vizinhos  e eu não podemos estar a estudar, a trabalhar, doentes, concentrados no que seja, que o cão incomoda toda a vizinhança.

    Penso que ele não sofre de violência fisica, longe disso, mas o facto de ele estar um dia inteiro, todos os dias num terraço ao calor ou ao frio, a ladrar, a caminhar em círculo, onde faz as necessidades, deve ser a razão porque ele ladra constantemente (além de não deixar de ser uma forma de violência).

    Só acho que, se as pessoas não têm condições para ter um cão, ainda para mais daquele porte, nunca deveriam ter, para ele estar fechado num terraço horas, sem interagir com ninguém, nao faz sentido nenhum!

    <span style=”text-decoration: underline;”>Já pensei em fazer queixa à polícia ou a entidades competentes!!! Mas quais entidades me devo dirigir sem ser a polícia?</span>

    Obrigado pelo tempo dispensado a lerem isto.

    • Este tópico foi modificado Há 2 anos, 7 meses por  joaoneves.
  • #167960 Resposta

    joaoneves
    Participante

    Olá amigos.

    Existe um cão no andar abaixo do meu (vivo num 3º andar) que, há cerca de 6 meses atrás, ladrava todo o dia e noite.

    Falei com os donos e a senhora disse que ia tentar fazer alguma coisa, mas a história repetiu-se durante mais umas noites. Voltei a falar com ela e ela resolveu a situação do cão ladrar constantemente à noite.

    O cão realmente não ladra durante a noite (está dentro de casa).

    Mas o problema agora é que, desde as 7h da manhã até às 22h da noite ( que deve ser quando os donos não estao em casa) ladra o dia todo; anda às voltas, em círculos pelo terraço; ladra à mínima coisa que se mexa ou barulho. E falo de um Serra da Estrela, novo, com um latir incomodamente alto.

    Os vizinhos e eu não podemos estar a estudar, a trabalhar, doentes, concentrados no que seja, que o cão incomoda toda a vizinhança.

    Penso que ele não sofre de violência fisica, longe disso, mas o facto de ele estar um dia inteiro, todos os dias num terraço ao calor ou ao frio, a ladrar, a caminhar em círculo, onde faz as necessidades, deve ser a razão porque ele ladra constantemente (além de não deixar de ser uma forma de violência).

    Só acho que, se as pessoas não têm condições para ter um cão, ainda para mais daquele porte, nunca deveriam ter, para ele estar fechado num terraço horas, sem interagir com ninguém, nao faz sentido nenhum!

    Já pensei em fazer queixa à polícia ou a entidades competentes!!! Mas quais entidades me devo dirigir sem ser a polícia?

    Obrigado pelo tempo dispensado a lerem isto

  • #167969 Resposta

    ruidavid
    Administrador

    Este é, infelizmente, um tema recorrente; quando vivemos em sociedade, principalmente numa cidade, é difícil estabelecer os limites entre as nossas liberdades e as dos nossos vizinhos; por um lado, temos que compreender que estamos necessariamente sujeitos a níveis de ruído que não existem quando vivemos isolados; por outro, temos de compreender que o ruído desnecessário deve ser evitado, pelo bem comum.

    Um animal que passa todo o dia a ladrar ou a ganir. não é normal; quando isto acontece os donos devem pensar que algo de errado se passa com ele, a nível de saúde ou comportamental e pelo bem do próprio animal devem procurar ajuda profissional.

    Em termos legais, o ruído provocado por um animal de companhia faz parte do chamado ruído de vizinhança, como uma aparelhagem de som, por exemplo. Se este tipo de problemas não se conseguirem resolver a bem, entre os vizinhos, como será sempre desejável, as únicas entidades que podem agir são as entidades policiais, nomeadamente a polícia municipal, quando existe na zona, ou PSP ou GNR.

    • #167970 Resposta

      joaoneves
      Participante

      Muito obrigado pela resposta Rui.

      Mas uma aparelhagem de som, dentro de uma habitação pode incomodar sem dúvida. Mas se estiver a emitir som/música, em alto volume, durante o dia inteiro, durante dias ou semanas, concerteza que não é legal.

      Hoje (domingo), o cão esteve o dia todo no terraço, e os donos dentro de casa, pois vi-os dentro de casa.

      É inconcebível porque não querem saber do cão.

      Uma última pergunta: ao contactar a polícia, preciso de provas, vídeo ou assim para ajudar à queixa?

      Mais uma vez, muito obrigado pela reposta.

  • #167982 Resposta

    ruidavid
    Administrador

    Falou de domingo; esqueci-me de referir que os fins de semana são considerados, para efeitos da lei do ruído, período de descanso, logo não pode haver ruído normal.

    Quanto às provas, o melhor será munir-se de testemunhos de outros vizinhos ou esperar que as autoridades se desloquem ao local para verificarem a situação por si; a questão de fotos e/ou vídeos é sempre melindrosa e por vezes pode virar-se contra nós.

Resposta a: Cão Serra da Estrela a ladrar durante o dia todo.
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">