• Autor
    Artigos
  • #163762 Resposta

    Daniel Saraiva
    Participante

    A cerca de 2 semana eu e minha namorada, mudamos de casa, temos uma gatinha de meses já a bastante tempo.
    A 4 dias atrás, durante a noite ouvimos um barulho mas não ligamos.
    No dia seguinte os vizinhos do piso de baixo vieram nos indicar que têm “Problemas em dormir” com o barulho da notie passada verificamos que tinha sido a gatinha que tinha deitado uma esfregona para o chão perto de onde ela dorme. (PS a gata dorme e sempre dormiu na cozinha fechada).
    A situação normalizou, até que hoje nos indicam que a proprietária da casa não pretende que tenhamos lá um gato em casa devido as pessoas que tavam lá anteriormente terem um gato que estragou os sofás todos, e que o tínhamos de o por na rua. Nos fizemos contrato da arredamento directamente com a Camara Municipal, não nos foi informado que não podíamos ter animais, no contrato nao existe nada a proibir animais, no 1º andar existe lá um cão a viver.
    Agora só por causa de um barulho de uma noite querem que metemos uma gatinha que nem miar sabe na rua…….

    Gostaria de saber como podemos proceder para lutar contra esta injustiça

    Cumprimentos

  • #163765 Resposta

    ruidavid
    Administrador

    A não ser que esteja definido no contrato de arrendamento que assinou a proibição de ter animais de companhia, ninguém o pode obrigar a sair. A questão é que, findo o prazo de arrendamento, podem recusar-lhe renova-lo. Penso que o melhor será, se possível, tentar resolver a situação de um modo pacífico, cordial e civilizado.

Resposta a: Casa alugada
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">