• Autor
    Artigos
  • #168209 Resposta

    Inês Gonçalves
    Participante

    Há vários anos que alimento e acarinho gatos sem dono, dentro de propriedade minha. Contudo sendo gatos gostam de dormir ao sol e estão normalmente numas escadas junto da minha casa. Nunca recebi qualquer queixa da população nem de qualquer outra pessoa. Pelo contrário.

    No entanto existem 2 cães com donos que têm vindo a ataca-los. Estes cães andam livremente pela aldeia, dia e noite.

    Gostaria de saber como proceder perante esta situação sem ter de entrar em burocracias, visto que o dono de um ainda se ri quando o vê a dirigir-se a estes gatos indefesos e a dona do outro já me chegou a perguntar, uma vez que pisei sem querer o seu cão, se ele não tinha dado para me morder.

    Faço aqui esta questão, porque tenho plena consciência que falar somente com os donos dos cães não resolve nada.

  • #168215 Resposta

    Rui David

    A única maneira de resolver este tipo de conflitos sem burocracias é através do diálogo civilizado entre as partes. Não sendo possível, terá que haver  alguma burocracia envolvida; não há soluções milagrosas para os conflitos.

    Antes de mais, procure saber se existe algum programa de apoio e controle de colónias de gatos de rua na sua câmara municipal (através do gabinete médico veterinário da câmara); há já muitas câmaras municipais que têm vindo a desenvolver protocolos de controle de populações de gatos de rua; estando a colónia bem identificada (localização, n.º de animais) havendo uma ou mais pessoas que se responsabilizem pela alimentação dos animais e pela limpeza dos locais, a câmara cuida das questões de saúde dos animais e da sua esterilização. Deste modo, a colónia fica, decerto modo, identificada na câmara municipal e como tal sob a sua protecção. Se não existir ainda nenhum programa do tipo, contacte alguma associação de defesa dos animais local, que a possam ajudar a apresentar um projecto.

    Quanto aos cães, legalmente não podem andar livremente pela via pública. Se tal for participado às autoridades policiais da localidade, pode dar multas onerosas aos seus donos. Infelizmente, muitas vezes quem acaba por sofrer mais são os animais, o elo mais fraco e com menos culpa deste tipo de situação. Mas em último recurso, poderá participar a situação às autoridades.

Resposta a: Como proteger gatos sem dono de cães perigosos com dono que andam livres na rua?
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">