• Autor
    Artigos
  • #168790 Resposta

    Silveira
    Participante

    Boa tarde,

    trabalho num Hospital Veterinário e à cerca de 2 meses veio cá uma cliente com o seu gatinho atropelado, que necessitou de cirurgia numa pata. No entanto, a cliente não tinha dinheiro para pagar a cirurgia e foi sugerido pagar faseado , mas com cheques pré datados. A cliente ficou de trazer os cheques e até hoje nada. Tenho tentado falar com a Senhora em questão e tem sido muito dificil falar e chegar a um acordo. Desde então a senhora nunca mais veio visitar o gatinho. O gatinho encontra se nas nossas instalações desde o dia 17 de fevereiro e não sabemos o que fazer com o gatinho. Pela lei o que devemos fazer nesta situação?!

    Obrigada

     

  • #168792 Resposta

    Rui David

    À partida parece ser uma situação de abandono de animal, o que, na nossa moldura penal, já é considerado um crime.

    Claro que, a bem de todos, animal inclusive, o ideal seria conseguirem conversar calmamente e chegarem a um acordo que servisse o melhor possível ambas as partes. Tentem perceber o que se passa realmente; por muito difícil que possa parecer, e é, há pessoas que, por dificuldades financeiras, preferem esconder a sua vergonha a enfrentar os problemas, mesmo que isso signifique abandonar um animal. Pode ser isso, pode ser melhor ou pior. O importante é as pessoas conversarem sinceramente e chegarem a acordo.Não sendo isso possível, terá de ser feita uma participação às autoridades policiais por abandono de animal e entretanto conseguirem arranjar uma FAT (Família de Acolhimento Temporário) que possa cuidar do gatinho enquanto a situação não se resolver.

Resposta a: Gato abandonado no hospital, mas tem dono, que faço?
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">