• Autor
    Artigos
  • #165319 Resposta

    Sónia Carneiro

    Boa tarde,

    Comprei no dia 05.10 uma buldogue frances, como não sabia as condições necessárias em que se deve levar um animal acreditei no que a “criadora ” me disse. Que a  cachorrinha tinha cerca de 8 semanas, tinha sido desparasitada naquele dia e ainda não tinha nenhuma vacina, disse-me que deveria levar a 1ª naquela semana.Dei-lhe a comida que a “criadora ” me deu e na 5ª feira começou a fazer diarreia muito escura que me pareceu sangue e ao final do dia não tinha força sequer para se levantar. Peguei nela e fomos logo para o Hospital Veterinário do Restelo onde ficou internada até dia 12 onde acabou por falecer apesar de todos os esforços tratamentos e até transfuões que lhe fizeram. A minha questão é se a pessoa que ma vendeu deve ser responsabilizada pelo sucedido e de que forma.

    Muito obrigada,

    Sónia Carneiro

     

  • #165326 Resposta

    LPDA

    Lamentamos a morte do seu cãozinho,infelizmente,a compra de animais requer de muitas certezas quanto à qualidade e sensibilidade dos criadores.

    A maior parte dos criadores que aparecem nas páginas dos anúncios não estão licenciados; praticam comercio clandestino, com fuga aos impostos, sem reunirem o mínimo de condições de bem estar de fêmeas em gestão e dos cachorros o que contribui para que estes sejam vendidos já doentes; alguns com doenças muito graves e até mortais como é o caso das parvoviroses hemorrágicas.

    Deve,munida do relatório médico,exigir que lhe sejam devolvidos todos os gastos com o animal bem como o dinheiro que por ele pagou; em caso de recusa deve apresentar queixa na ASAE, na GNR ou PSP da sua localidade..

    Para mais esclarecimentos pode ligar-nos para 214578413

    MCSampaio

Resposta a: O meu caozinho morreu 1 semana aós ter sido adquirido
A sua informação





<a href="" title="" rel="" target=""> <blockquote cite=""> <code> <pre> <em> <strong> <del datetime=""> <ul> <ol start=""> <li> <img src="" border="" alt="" height="" width="">