Não sei estão a par do “Orçamento Participativo Portugal 2018“.
Resumindo, o Estado disponibilizou uma verba de 5 milhões de euros para serem investidos em projectos apresentados pelos cidadãos. A implementação dos projectos vencedores fica  a cargo do Ministério, Secretaria Geral ou entidade pública competente, isto é, os projectos quando são implementados podem não corresponder exactamente ao que o proponente idealizou…De qualquer forma acho que devemos votar nos projectos que achamos que podem melhorar um pouco o nosso país, cidade, etc.
 
Todos os cidadãos têm dois votosum para votar num projecto de âmbito nacional e um para votar num projecto de âmbito regional, independentemente da região onde residem.
 
Foi apresentada a proposta Resgate e Socorro Animal para ser aplicada nos municípios: Mealhada, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Penacova e Vila Nova De Poiares (projecto de âmbito regional).
A proposta baseou-se na experiência da associação Gatos Urbanos (de Coimbra) que tem desenvolvido um trabalho crescente no resgate de animais. As solicitações têm aumentado exponencialmente porque “quando nos deparamos com um animal ferido, em risco iminente ou mal tratado, frequentemente não sabemos a quem recorrer ou como agir, porque não existe um dispositivo de socorro permanente, ao alcance de todos, que permita dar uma resposta rápida e eficaz que proteja os animais”.
A proposta pretende que seja criado “um dispositivo de socorro animal que permita resgatar animais em perigo ou em sofrimento e socorrer animais feridos, prestando-lhes primeiros socorros no local e transporte assistido para assistência médica veterinária especializada“.
Outros municípios já implementaram projectos semelhantes, alguns no âmbito de orçamentos participativos de câmaras municipais.

Caso pretendam votar podem aceder ao link https://opp.gov.pt/proj/652?page=2&ordering=random_order

É necessário introduzir o número do cartão de cidadão ou bilhete de identidade.
Ainda ficam com um voto para os projectos de âmbito nacional! Também votei, embora a escolha não tenha sido tão fácil.
Não se esquecem de partilhar com os vossos contactos!