Resgate de Cães “Criadeira de Palmela”

Mais de uma centena de animais resgatados com intervenção da associação de resgate animal, GNR, e veterinário e funcionários da Câmara Municipal de Palmela. Os animais foram retirados a uma pessoa, que segundo opinião da LPDA, precisa de ser assistida psicologicamente pois é reincidente nestes casos. A LPDA irá levar o caso a Tribunal pedindo a interdição de ter mais animais a esta pessoa. A degradação dos animais é chocante, muitos estão doentes, mas recuperáveis. Ontem a LPDA resgatou 12 destes animais, e hoje irá resgatar os únicos 4 de porte grande. Vamos obviamente tratá-los para posterior adopção, por donos responsáveis. Lançamos desde já o apelo para essa adopção. Todas as pessoas interessadas em adoptar algum destes meninos/as deverá contactar directamente a LPDA por email ([email protected]).

 

4 respostas
  1. Helder Carvalho
    Helder Carvalho diz:

    Gostava de participar nesses regates de cães, gosto muito dos animais e custa-me imenso não poder ajudar a sério, estou farto de encaminhar cães para o canil, mas o que queria mesmo éra ir ao encontro de animais maltratado e poder resgata los , estou a disposição .
    aguardo uma resposta vossa .
    Cumprimentos

    Responder
    • Ana Paula de Jesus
      Ana Paula de Jesus diz:

      Antes de encaminhar os animais para o canil, informe-se primeiro e isto é muito importante, se esse canil é de abate. É que se for de abate, eles assassinam o pobre coitado e julgando estar a ajudar, afinal está a entregar o animal para ser morto.

      Responder
  2. Maria Antunes
    Maria Antunes diz:

    A cerca de 3 semanas apareceu um cão a minha porta, não tem chip é cachorro.
    Já entrei em contacto com uma serie de associações e com o canil de Oeiras, mas ninguém aceita o cão. Com este calor tenho dado comida e água.Penso que está doente, pois come pouco e está muito magro. Não sei o que fazer mais. Alguém pode-me ajudar?

    Responder
    • Ana Paula de Jesus
      Ana Paula de Jesus diz:

      O cachorro não sabe ir sozinho ao veterinário, então pegue nele e leve-o para que o profissional o possa ajudar. Se não tem possibilidades, aconselho-a a pedir ajuda a alguma associação. Dar comida e água não é o suficiente, já que pensa que o cão esteja doente.

      Responder

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.