Liga Portuguesa dos Direitos do Animal

– A Liga Portuguesa dos Direitos do Animal (LPDA) é uma Associação de Utilidade Pública, sem fins lucrativos, de Âmbito Nacional, fundada em 1981.

– Representa Portugal no Eurogroup for Animal Welfare, na Comunidade Europeia.

– A LPDA é associada da World Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA).

– Está registada na Agência Portuguesa do Ambiente com o n.º 22N, é sócia fundadora da Federação Portuguesa das Associações do Ambiente e filiada em várias organizações para o bem estar animal.

Artigos e dicas sobre saúde veterinária

Legislação

Clínicas de custo controlado

O que fazemos

  • Aconselhamento Jurídico

    Aconselhamento Jurídico personalizado para sócios.

  • Acções no Terreno

    Intervenção em situações de queixas em sintonia com a PSP e GNR.

  • Apoio Alimentar

    Apoio a famílias com fracos recursos económicos na alimentação dos seus animais a fim de evitar o abandono.

Actividade nos Fóruns

Lista de Fóruns

DONOCÃOMINHADA EM ALCOCHETE

No intuito de aliar e sensibilizar a Sociedade para o não abandono dos animais, e para um melhor vínculo e conhecimento das capacidades caninas, perante os seus donos, o Grupo de Apoio ao CMRC do Canil de Municipal de Alcochete, vai efectuar um evento, no dia 17 de Setembro de 2017, no Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea, OTA, antiga Base Aérea nº2, designado por DonoCãominhada ou DonoCãoriida.

PETFINDER SOS; NOVA APLICAÇÃO GRATIS PARA DIVULGAÇÃO E PROCURA DE ANIMAIS PERDIDOS

Pet Finder SOS é uma aplicação que facilita a divulgação e a procura de um animal de estimação perdido enviando uma notificação para todos os utilizadores nas suas imediações. Entre as várias funcionalidades desta aplicação pode:

Registar os seus animais de companhia.

Enviar um SOS para todos os utilizadores nas imediações da zona de registo do seu animal de estimação caso esteja perdido.

Receber notificações sempre que o seu animal de estimação for visto.

Receber notificações sempre que o seu animal de estimação for encontrado.

A AMPA DE MIRANDELA PRECISA DA NOSSA AJUDA!

É o caso dramático de uma senhora que, como enfermeira, dedicou toda a sua vida a cuidar de seres humanos. Entretanto, desde há anos reformada, tem-se dedicado inteiramente a proteger os animais abandonados, recolhendo-os, alimentando-os e prestando-lhes cuidados de saúde. Sozinha nesta luta, com 80 anos de idade, doente, sem forças e sem qualquer ajuda, vive aterrorizada com a sorte de tantos animais. Fundou a associação AMPA (Associação Mirandense de Protecção Animal) com a finalidade de dar qualidade de vida a meia dúzia de animais que andavam a vaguear abandonados pelas ruas de Mirandela. Hoje são cerca de 200 animais!

CÃES PODEM IR À PRAIA?

Muitos leitores perguntam-nos se os cães têm direito a fazer praia. Nas praias concessionadas, o mais comum é ser proibida a permanência de canídeos durante a época balnear. Para confirmar, terá de ler o edital da praia que pretende frequentar ou verificar os sinais à entrada. Pode ainda ler os Planos de Ordenamento da Orla Costeira (cada região tem um) no site da Agência Portuguesa do Ambiente. Quando é proibido, a coima pode chegar aos 2500 euros.

APROVADO PROJECTO LEI DO PAN QUE REGULA TRANSACÇÕES DE ANIMAIS DE COMPANHIA

O parlamento aprovou hoje, com a abstenção do CDS-PP, o texto final do projeto de lei do PAN que regula a compra e venda de animais de companhia e que proíbe o anúncio online de compra e venda de animais selvagens.

O texto legal prevê que as transações de animais de companhia passem a obrigar a uma “declaração de cedência ou contrato de compra e venda do animal e respetiva fatura”, ou, se for o caso, um “documento comprovativo de doação”.

CÃES PERIGOSOS E DE RAÇAS POTENCIALMENTE PERIGOSAS VÃO TER TREINO OBRIGATÓRIO

A legislação actual obriga e muito bem, a que os canídeos de raças consideradas potencialmente perigosas e outros que demonstrem não estar bem adaptados e possam já ter manifestado comportamentos agressivos, tenham que passar por um treino administrado por treinadores certificados pela GNR ou pela PSP, de acordo com os requisitos previstos na portaria nº 317/2015, de 30 de Setembro (a lei não obriga especificamente à frequência em escolas).

WHERESPET: UMA APP PARA ANIMAIS PERDIDOS

A Wherespet foi criada com o objectivo de resolver o problema dos animais perdidos.

Primeiro criámos um localizador GPS mais acessível como medida preventiva e que, para nossa felicidade, já proporcionou reencontros entre donos e patudos fugitivos. E agora lançámos uma app de monitorização de animais perdidos, encontrados e avistados, COMPLETAMENTE GRATÚITA para o público em geral!

Mais notícias sobre Animais e Ambiente

CÃES para adoção responsável

(Venha conhece-los no ABRIGO DO IZQC)