#167599 Resposta

ruidavid
Administrador

Em princípio deveria caber às câmaras municipais atender a estas situações; algumas prestam um serviço melhor do que outras mas não se deve generalizar. Hoje em dia já existem departamentos vocacionados para os animais nas forças policiais, como a Defesa Animal da PSP, no distrito de Lisboa, e o SEPNA, da GNR, para o resto do território.

Ainda não existem serviços públicos de saúde para os animais; talvez com o apoio e a pressão de todos esta realidade possa ser alterada brevemente.